Estória para se contar: À Mente 1

sexta-feira, outubro 17, 2014

A Caliane, me convidou a postar em uma nova categoria, além de trazer resenhas de livros e filmes para vocês, hoje estou iniciando uma nova categoria no site, que se chama Estória para se contar, onde irei trazer uma série de estórias escritas por mim, espero de coração que vocês gostem da estórias, mas já aviso, nem todas tem um final feliz! Enfim, deixo a primeira leitura para vocês.

Mente, existem momentos em que você não me dá paz! Você trás as lembranças daquele que não merece meu coração. Logo você, que tantas vezes dizia a mim para esquecer aquele por quem meu coração estava apaixonado.
Por que hoje você insistiu em lembrar-me daquele que meu coração já fez questão de esquecer. Quer dizer até este momento em que você fez questão de lembrar a mim de todas as besteiras, de todo o sofrimento causado por todas as palavras que me iludiram. Ele era tão doce, tão carinhoso, fez tudo o que pode e não pode para que eu me apaixonasse por você. Trouxe lágrimas na mesma velocidade que naquelas noites em que a chuva insistia bater em minha janela, e escorriam apressadas para o solo.
Dói, ainda dói lembrar-me dos seus grandes olhos azuis, dos seus lábios suaves em meus lábios. Dos seus abraços que me confortavam me acalentava nos momentos de dor. Eu sei que prometi que nunca mais iria chorar por esse traste que me fez sofrer tanto.
Essa agonia que sinto em meu peito é por sua culpa mente, que por fim torna sendo minha própria culpa. Será que um dia serei capaz de sorrir? Será que algum dia irei esquecer tudo o que você aprontou pra mim? Cada desilusão? Cada lágrima? Os dias chorando? As noites que passei em claro pensando nas inúmeras promessas que me fizesses?
É, dói, mas eu sei que irei esquecer você. Eu irei ser feliz com outro alguém! Eu serei feliz por mim mesma, sem sentir a necessidade de alguém ao meu lado para estar com um sorriso nos lábios.
Pois este que se encontram agora em meus lábios é apenas uma máscara para esconder toda a dor e agonia que existem em meus olhos.
É, dói, mais um dia eu aprenderei a domar você mente, aprenderei a comandar meu coração e de vez esquecer toda a dor, todas as palavras baixas e que me abandonou da maneira mais esdrúxula, eu ei de esquecer esse mau caráter que fez as lágrimas surgirem em diversas noites que foram passadas em claro, por toda a dor.
E um dia o sorriso será verdadeiro e as tristezas que estão guardadas dentro de mim serão esquecidas e levadas para longe! Nem as mais felizes lembranças farão parte dos meus dias!

Um dia ei de ser feliz verdadeiramente, sem lágrimas, sem máscaras!

Aguarde, em breve À Mente 2, espero que tenham gostado, fico aguardando a opinião de vocês.

Quem quiser acompanhar o Calianices, é só seguir: FacebookGoogle +YoutubeInstagramTwitter.

Veja também:

2 comentários

  1. Que lindo Cali e Sabrina! Belíssima a estória, super bem escrita, e já quero ver a parte 2! :)
    Beijinhos!
    www.vaidosaefeminina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguarde então, logo, logo a parte 2 entrará e assim até chegar a última dessa série, depois vira outras. E espero que você goste das outras como desta.
      Beijinhos!

      Excluir

Seguidores